Chelsea não vende David Luiz, é intocável para Mourinho


"Sideshow Bob" percorreu um longo caminho nestes dois anos e meio em Stamford Bridge.

Aquando da sua chegada, os especialistas faziam pouco da sua abordagem pouco disciplinada aos movimentos defensivos. Hoje, a estrela do Chelsea vale uma oferta de mais de €40M por parte do Barcelona. Uau.

Os Blues rejeitaram a proposta imediatamente, afirmando que o central brasileiro não será vendido este verão. De forma alguma.

Já ouvimos afirmações semelhantes provenientes de White Hart Lane, de Anfield Road e de Old Trafford nestas últimas semanas, mas apesar dos rumores que indicam o contrário, eu acredito que o Chelsea está determinado em não deixar o jogador sair. Acho que David Luiz é um dos intocáveis de José Mourinho.

Apesar de não poder afirmar que os jogadores da atualidade são todos robôs, feitos na mesma linha de de produção em série, por vezes penso em quão difícil seria identifica-los se não tivessem o nome e o número impressos na camisola.

Treinar um clube profissional hoje em dia é um processo tão organizado e eficiente e os jogadores são iniciados nos clubes com uma idade muito tenra. Quando chegam ao relvado para jogarem existe um determinado de características que todos têm em comum.

Estão todos aptos tecnicamente, têm as características certas incluídas na sua forma de jogar e foram produzidos por forma a assegurar que desempenham de forma sólida na primeira equipa. O problema com isto é que a chama e o instinto que atraiu a atenção sobre eles são muitas vezes limitados e descartados pelo processo de treino. Hoje em dia é bem mais difícil distinguir um jogador do outro.

David Luiz é, claro, bem diferente. Não só o seu aspecto é singular como joga de uma forma mais natural e desinibida que a maioria dos outros atletas com quem partilha os relvados.

Acredito que os vários treinadores que o orientaram ao longo da sua carreira muitas vezes ficaram frustrados ao tentarem ensinar a forma 'correta' de defender, mas ao reter as qualidades que fizeram com que se destacasse para os olheiros na fase inicial da carreira, podemos encara-lo como um jogador à parte.

Este jogador de 26 anos é de espírito livre. Sim, ele por vezes custa à própria equipa um golo ou outro com atitudes descabidas, mas o seu talento, motivação e liberdade de pensamento ajudam a evitar mais golos que a maioria dos seus colegas ditos normais todos juntos.

E há suporte estatístico para esta afirmação. Desde janeiro de 2011, a média de pontos do Chelsea com ele em campo é de 2,02 pontos enquanto desce para 1,58 pontos quando está ausente. Se olharmos apenas para a época passada, o clube londrino sofreu 1,78 golos com Luiz ausente, enquanto que quando esteve em campo a média de golos sofridos desceu para 0,79.

Mourinho já afirmou publicamente que David Luiz pode melhorar enquanto defesa, e é verdade. Desde que chegou a Stamford Bridge, em modo Playstation, ele já evoluiu muito e a tendência será para continuar.

As suas qualidades claramente ultrapassam os seus defeitos. O brasileiro pressiona em zonas em que não é suposto estar a jogar e acaba por recuperar bolas para a sua equipa. Ele avança para o ataque empurrando a equipa em situações em que a maioria dos jogadores faria um simples passe para o lado e, como vimos no ano passado, é capaz de marcar alguns golos espectaculares.

Não são parvos os dirientes do Barcelona. Não iriam esbanjar 40 milhões de euros num defesa que não sabe defender. Os espanhóis sabem que existe mais em David Luiz do que se apanha ao primeiro vislumbre, e conseguem ver os benefícios de ter um jogador que tem personalidade em abundância.

Em cada uma das últimas cinco épocas, Luiz ganhou um troféu. Em 2010 e 2012 ele venceu dois. Os especialistas podem ter-se rido dele mas quem sorri agora é o brasileiro.

Se o Chelsea conservar este jogador vencedor e fizer dele o líder da nova era Mourinho, será uma atitude sensata. Ele é diferente, mas de uma forma positiva.

por Adrian Clarke, adaptado.

O Chelsea de David Luiz é a equipa favorita, por uma pequena margem, a vencer a Premier League na próxima época - aposte neles com quotas de 3.00.