O que reserva o futuro de Cristiano Ronaldo?


Cristiano Ronaldo tem tudo: o talento, os troféus, a fortuna, o físico, a namorada modelo de lingerie. Desde que se tranferiu para o Real Madrid definiu-se como um dos melhores jogadores do mundo; apenas Lionel Messi o tem impedido de monopolizar o FIFA Ballon D'Or nas últimas quarto épocas. Marca golos em Espanha apenas para o gozo de os marcar, contabilizando 146 em 135 presenças na La Liga e é o jogador cuja marca é mais lucrativa - junta chorudos cheques de patrocínio ao seus vencimentos que por si só impressionam.

Então porque está Ronaldo insatisfeito? Na época passada os alarmes soaram em Santiago Bernabéu  quando a estrela revelou que estava "triste", ainda que sem revelar o porquê. Pensou-se que estaria em causa o vencimento, levando a que o clube renovasse o contrato com reforço da vertente financeira. Com o findar da época, é a saída de José Mourinho e o afastamento da Liga do Campeões são razões que levam o madeirense a ponderar cada vez mais a saída.

Mas para onde iria o internacional português? Ou melhor, quem é que pode se dar ao luxo de lhe abrir os cofres se ele sair de Madrid?

Ronaldo não faz segredo da admiração que tem pelo Manchester United (5.00). O avançado português conquistou os corações dos adeptos de Old Trafford, ganhando o respeito dos dirigentes com a sua honestidade. Nunca escondeu o desejo de jogar pelo Real e ficou mais uma época em Manchester como favor pessoal a Sir Alex Fergusson. O United tem reconstruído o plantel graças aos proventos dessa grande transferência, mas não restam dúvidas que Ronaldo traria um acréscimo de qualidade importante ao onze inicial. O principal obstáculo está justamente na componente financeira: a dívida dos irmãos Glazer, donos do clube, impede que possam ter a liquidez para fazerem uma oferta tentadora ao Real Madrid.

O dinheiro não é obstáculo para alguns dos outros candidatos ao passe da estrela. O Chelsea (6.00) têm o poderio ilimtado do livro de cheques de Roman Abramovich, e José Mourinho pode ser um trunfo na decisão. O Special One conseguiu extrair o melhor de Ronaldo em Espanha e estará, com certeza, inclinado a assegurar a presença do extremo no plantel de Londres. Mas a afinidade de Cristiano com os Reds poderá impedir o fechar do negócio.

O mesmo aplica-se ao Manchester City, de quem se diz que estará interessado em entrar na disputa pelo talentoso jogador português. Não restam dúvidas de que há capacidade financeira e que parecem apostados em construir uma equipa bem mais competitiva, como sugerem as contratações de Jesus Navas e de Fernandinho. Mas convém os adeptos do City não se empogarem. Ainda no início deste ano Ronaldo afirmou que nunca jogaria pelos azuis de Manchester.

Os bolsos fundos do Paris Saint-Germain (15.00) poderão apresentar uma opção mais realista. Os campeões franceses estão a fortalecer-se para os jogos europeus e têm esbanjado dinheiro em jogadores de topo como Zlatan Ibrahimovic. A possibilidade de viver em Paris poderá ser atraente a Ronaldo, pois o jogador não é nada avesso aos prazeres da vida. O Mónaco também apresenta argumentos semelhantes, mas resta saber se a Liga Francesa será um bom palco para o talento do madrilista.

Talvez o cenário mais realista seja a de que Ronaldo permaneça no Real Madrid por enquanto (1.12). Com o experiente Carlo Ancelotti a chegar a Madrid, assim como alguns novos reforços, os Merengues poderão regressar à boa forma. Se isso acontecer, é certo que uma certa estrela portuguesa esteja bem no centro de tudo.