5 momentos chave de rivalidade


As seleções de Portugal e da Holanda já se encontraram por 11 ocasiões. Desses jogos, Portugal venceu sete, empatou em três e só perdeu por uma vez. É um balanço francamente positivo para a Seleção das Quinas, em especial se tivermos em conta que se trata da temida Laranja Mecânica.

Mas os holandeses devem estar apostados em inverter esta tendência, mesmo que se trate de um jogo amigável. Em jogos anteriores já mostraram todo o empenho em vencer, inclusivé por meios menos desportivos. Estamos todos recordados da famosa "Batalha de Nuremberga".

Batalha de Nuremberga

Jogavam-se os oitavos de final do Mundial FIFA 2006 no Frankenstadion, a 25 de junho. O jogo começou com uma tensão e picardia invulgar para estas duas seleções.

O árbitro russo Valentin Ivanov foi uma das figuras do jogo, atribuindo um total de 16 cartões amarelos e 4 cartões vermelhos. Da parte da equipa lusa os contemplados com expulsão foram Costinha no final da primeira parte, e Deco aos 78 minutos.

O jogo ficou para história das competições FIFA como a partida em que foram mostrados mais cartões em fases finais do Mundial. O resultado final, 1-0 com golo de Maniche, só deve ter deixado mais espicaçados os jogadores dos Países Baixos.

Retrospetiva

Eis outros quatro momentos marcantes dos embates entre Portugal e Holanda:

Qualificação Europeu 1992 - A única derrota.

Qualificação Mundial 2002 - Exibição de luxo garante o apuramento.

Euro 2004 - Golo de bandeira de Maniche.

Euro 2012 - Ronaldo bisa.

Orgulho nacional em jogo

Cristiano Ronaldo e seus pares vão, com certeza, querer manter a tradição e vencer frente a uma Holanda que está sempre recheada de bons valores, jogadores com muita qualidade técnica e que costumam figurar nos plantéis dos melhores clubes europeus.

Paulo Bento volta a encontrar a Holanda, após o Euro 2012, e terá boas ilações a tirar desta partida para os jogos a valer na tentativa de qualificar Portugal para o Mundial de 2014.

Aposte neste jogo emocionante com a Unibet!