As previsões de Goran Ivanisevic para Wimbledon: Djokovic deverá ganhar o torneio


O próximo domingo será provavelmente o melhor dia do ano para os fãs de ténis: a final masculina de Wimbledon. Tem sido um torneio repleto de surpresas, mas a final será provavelmente aquela que a maioria dos adeptos da modalidade mais ansiava. O favorito local Andy Murray enfrenta Novak Djokovic nesta final, a terceira do Grand Slam em que competem das últimas quatro.

Escolhi estes dois jogadores para final antes do começo do torneiro e Djokovic era o meu favorito para a vitória final. Será um jogo bem disputado entre dois jogadores com posturas de jogo semelhantes. Ambos são incrivelmente rápidos, e estão num momento de forma muito bom, pelo que é muito provável que estejamos perante uma partida maratona.

Nestes jogos grandes a vantagem estará do lado de quem for mais agressivo. Vimos isto no ano passado: o Andy venceu a final do US Open com uma atitude positiva, esforçando-se por subir a parada no quarto set. Ele mostrou a sua fibra perante Fernando Verdasco nos quartos-de-final mas não se pode dar ao luxo de ter um arranque menos conseguido frente a Djokovic.

Novak é o maior. Tem jogado incrivelmente bem. Para batê-lo temos que ser muito bons, muito concentrados. Temos que vencer cada ponto três vezes porque ele encontra sempre maneira de recuperar a bola. Tanta solidez de jogo faz dele o meu favorito. Não acredito que tenha uma tarefa fácil, mas penso que conseguirá resolver a partida em quatro sets.


Goran Ivanisevic chegou a ser número 2 do ranking mundial e tem 22 vitórias na sua carreira, incluindo Wimbledon em 2001.

Apoie Novak Djokovic para vencer 3-1 aqui.