US Open: Nadal concentrado baterá Djokovic na final


Chegamos ao final de um emocionante US Open 2013, e esta segunda-feira teremos uma final empolgante que opõe Rafael Nadal a Novak Djokovic.

As nossas previsões foram corretas, com a partida entre Djokovic e Stan Wawrinka a estender-se enquanto a partida entre Nadal e Richard Gasquet não reservou surpresas.

E assim chegamos à final do último Grand Slam da época, disputada às 22h de Lisboa.

Rafael Nadal vs Novak Djokovic

Encontros entre estes dois jogadores são uma questão de preferência pessoal, e esta partida não será diferente. Nadal parte como favorito com 1.64 e vamos apoiar essa perspetiva.

Rafa ainda não perdeu uma partida em piso duro durante 2013, e só foi contrariado uma vez durante este torneio, quando desperdiçou o seu jogo de serviço no segundo set contra Gasquet, no sábado passado. Mas ainda mais impressionante que as estatísticas é a forma como tem jogado neste US Open, com uma intensidade única no torneio masculino.

"Nole", por outro lado, tem dado uma imagem de insegurança e falta de confiança. Teve dificuldade por várias vezes, sendo contrariado por todos os seus adversários excepto um Marcel Granollers exausto e um impotente João Sousa. Não se teve um desempenho à altura do número um ao longo do jogo com Wawrinka e terá que melhorar muito se quiser bater Nadal.

O espanhol facilmente progrediu no US Open por comparação com Djokovic e baseado no que temos visto de ambos ao longo do torneio, só o podemos apontar como vencedor. Claro que Djokovic terá algo a dizer. Mas se quiser ter hipóteses de vencer, o seu desempenho terá que melhorar muito em relação ao que vimos contra Wawrinka.

Se tivermos em campo o "Nole" que serviu tão mal contra o suíço, então esta poderá ser uma vitória confortável para Nadal, que tem servido de uma forma impressionante. Desde Montreal que temos visto uma abordagem bem mais agressiva por parte do espanhol, que nos recorda da caminhada que fez em 2010 para vencer o torneio, e se Novak não conseguir subir a parada só há um vencedor possível.

A vitória para Rafa com 3-1 por 4.10 é tentadora para uma aposta mais cara, assim como menos de 225,5 minutos de duração da partida por 1.87 ou menos de 41,5 jogos no total por 2.0.

Melhor Aposta:

Apoiar Nadal na vitória sobre Djokovic por 1.64